Apresentação

Gilli Advogados é um escritório especializado em Comércio Exterior. Composto por profissionais com larga experiência nas áreas do Direito Tributário, Direito Aduaneiro e Contratos Internacionais, atuam com foco no cliente, oferecendo um trabalho personalizado visando o incremento dos resultados através de decisões seguras e juridicamente embasadas.

Saiba +

Áreas de atuação

Composta por equipe de advogados especializados, a Gilli oferece as seguintes áreas de atuação para empresas de todos os portes:

Right to Foreign Trade

Direito Aduaneiro e Comércio Exterior

O foco de atuação do escritório é o Comércio Exterior, e seus profissionais estão aptos atuar no âmbito ao Direito Aduaneiro, auxiliando seus clientes, dentre outras.

Leia +

Tax Law

Direito Tributário

A atuação na área do Direito Tributário é essencial ao bom desempenho das atividades ligadas ao Comércio Exterior, e por isso os profissionais do escritório estão habilitados para oferecer...

Leia +

International Contracts

Contratos Internacionais

O escritório possui ampla experiência na área de Contratos Internacionais, atendendo seus clientes na análise e elaboração dos mais variados instrumentos.

Leia +

Informativo

Nova ferramenta da Receita para bloquear compensação da exclusão do ICMS do PIS/COFINS

Não bastasse a Solução de Consulta COSIT 13/2018 que limitou a apropriação dos créditos ao valor do ICMS recolhido – e não do ICMS destacado, como deveria ser –, a Receita Federal do Brasil (RFB) vem usando nova ferramenta no...

Exclusão do ICMS do PIS/Cofins pode gerar restituição de R$ 485 bi, aponta estudo

Um estudo do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) estimou em até R$ 485 bilhões o montante que contribuintes poderão solicitar em restituições após o Supremo Tribunal Federal (STF) excluir o ICMS da base de cálculo do PIS e da Cofins. A...

Propaganda gera créditos de PIS e Cofins a varejista

A rede Ricardo Eletro conseguiu uma decisão administrativa da Receita Federal que considerou as despesas com publicidade e propaganda como “essenciais” e “relevantes” para o comércio varejista no País. Assim, ela equiparou tais custos com insumos geradores de créditos de...

Da Ilegalidade da Cobrança do AFRMM Das Empresas Tributadas pelo Simples Nacional

Atualmente regulado pela Lei nº 10.893/2004, o AFRMM destina-se a atender aos encargos da intervenção da União no apoio ao desenvolvimento da marinha mercante e da indústria de construção e reparação naval brasileira. O fato gerador, que faz nascer à...