Apresentação

Gilli Advogados é um escritório especializado em Comércio Exterior. Composto por profissionais com larga experiência nas áreas do Direito Tributário, Direito Aduaneiro e Contratos Internacionais, atuam com foco no cliente, oferecendo um trabalho personalizado visando o incremento dos resultados através de decisões seguras e juridicamente embasadas.

Saiba +

Áreas de atuação

Composta por equipe de advogados especializados, a Gilli oferece as seguintes áreas de atuação para empresas de todos os portes:

Right to Foreign Trade

Direito Aduaneiro e Comércio Exterior

O foco de atuação do escritório é o Comércio Exterior, e seus profissionais estão aptos atuar no âmbito ao Direito Aduaneiro, auxiliando seus clientes, dentre outras.

Leia +

Tax Law

Direito Tributário

A atuação na área do Direito Tributário é essencial ao bom desempenho das atividades ligadas ao Comércio Exterior, e por isso os profissionais do escritório estão habilitados para oferecer...

Leia +

International Contracts

Contratos Internacionais

O escritório possui ampla experiência na área de Contratos Internacionais, atendendo seus clientes na análise e elaboração dos mais variados instrumentos.

Leia +

Informativo

Nota SEI nº 73/2018: PGFN reconhece inconstitucionalidade da majoração da Taxa Siscomex

Por meio da Nota SEI nº 73/2018/PGFN-MF, a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional incluiu a tese de inconstitucionalidade da majoração da Taxa Siscomex na lista de dispensa de contestação e recursos, estabelecida no artigo 2º, VII e §§4º e 5º...

Governo de Santa Catarina reabre Programa de Recuperação Fiscal

Contribuintes catarinenses com débitos no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) ou no Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD) têm até o dia 28 de junho para quitar as pendências fiscais com até 90% de desconto...

STJ afirma que os valores de ICMS não integram a base de cálculo da CPRB

A 1ª Seção do Superior Tribunal de Justiça decidiu, nesta quarta-feira (10/4), que o ICMS não integra a base de cálculo da contribuição previdenciária. A decisão foi tomada em julgamento conjunto de três recursos especiais. STJ segue entendimento do Supremo...

Comissão sobre venda de consórcio gera direito a crédito de PIS/Cofins, diz Carf

Os custos com comissões pagas sobre as vendas de consórcios geram direito a crédito do PIS e da Cofins. Para a 2ª Turma Ordinária da 3ª Câmara do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) esses pagamentos devem ser considerados insumos, pois se...