Apresentação

Gilli Advogados é um escritório especializado em Comércio Exterior. Composto por profissionais com larga experiência nas áreas do Direito Tributário, Direito Aduaneiro e Contratos Internacionais, atuam com foco no cliente, oferecendo um trabalho personalizado visando o incremento dos resultados através de decisões seguras e juridicamente embasadas.

Saiba +

Áreas de atuação

Composta por equipe de advogados especializados, a Gilli oferece as seguintes áreas de atuação para empresas de todos os portes:

Right to Foreign Trade

Direito Aduaneiro e Comércio Exterior

O foco de atuação do escritório é o Comércio Exterior, e seus profissionais estão aptos atuar no âmbito ao Direito Aduaneiro, auxiliando seus clientes, dentre outras.

Leia +

Tax Law

Direito Tributário

A atuação na área do Direito Tributário é essencial ao bom desempenho das atividades ligadas ao Comércio Exterior, e por isso os profissionais do escritório estão habilitados para oferecer...

Leia +

International Contracts

Contratos Internacionais

O escritório possui ampla experiência na área de Contratos Internacionais, atendendo seus clientes na análise e elaboração dos mais variados instrumentos.

Leia +

Informativo

Carf ignora STJ e diz que subvenção de ICMS faz parte de cálculo do PIS e da Cofins

Incentivos fiscais de ICMS caracterizados como subvenção de custeio devem ser incluídos na base de cálculo do PIS e da Cofins. A tese foi firmada, por unanimidade, pela 2ª Turma Ordinária da 4ª Câmara da 3ª Seção do Conselho Administrativo...

Classificação de Mercadorias é Atividade Jurídica, Decide CARF

O Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (CARF), em recente Decisão no Processo n. 3401-005.797, definiu que a classificação de mercadorias é atividade jurídica e deve ser realizada por especialista que, seguindo as disposições do ordenamento jurídico e das normas aplicáveis,...

Guerra Fiscal: Estado de São Paulo edita norma para reconhecimento de créditos de ICMS

O Governo do Estado de São Paulo publicou nesta quarta-feira (08/05), no Diário Oficial, Resolução conjunta da Secretaria da Fazenda e Planejamento e da Procuradoria Geral do Estado, com os procedimentos necessários para os contribuintes requererem o reconhecimento de créditos...

Não cabe ação rescisória baseada em precedente posterior, define STJ

Não cabe ação rescisória com base em precedente posterior ao trânsito em julgado da decisão questionada. A tese foi definida nesta quarta-feira (8/5) pela 1ª Seção do Superior Tribunal de Justiça. A corte debatia recurso do Incra, que pedia o...